PSLOGGEDON – (Windows sysinternals) Como descobrir o usuário logado em uma estação

Publicado em:
17/01/2011

Introdução

O Psloggedon é um utilitário da sysinternals que mostra o usuário logado em uma estação de trabalho do domínio active directory.

Conteudo

Vamos mostrar uma prática comum no dia a dia. Precisamos verificar se um endereço de IP está sendo usado no momento, para isso executamos o PING no endereço. Exemplo, vamos pingar o endereço IP 192.168.112.170.

Já que respondeu vamos descobrir agora qual o nome DNS desse computador no domínio executando nslookup.

 

Agora vamos mais a fundo, quem será que está logado nessa estação de trabalho? Para isso vamos utilizar o PSLOGGEDON.

Você vai ter que executar o download da ferramenta, que é bem leve (1.60MB), para isso visite: http://technet.microsoft.com/en-us/sysinternals/bb897545.aspx.

Depois é só executa-la uma vez e acessar o cmd para trabalhar com o comando. Estou usando o powershell por costume, mas pode ser o prompt de comando, que alguns chamam de DOS.

Baseado no número do computador que queremos descobrir o usuário logado digitamos:

Psloggedon \\nome_computador -l -x

 

Vejamos o help do aplicativo para entender melhor.

 

O que fizemos foi buscar quem está logado localmente sem mostrar a opção logon times (que pode trazer informações desnecessárias).

Esse é o método mais prático, mas se você precisa buscar pelo nome de usuário também é possivel digitando:

Psloggedon nome_usuario -l -x

 

Note que você tem que ter permissão nas máquinas do domínio para executar essa operação, algumas ele pode não abrir, mas veja que ele conseguiu descobrir a máquina “TIAGO”.

Se você não usar a opção “–l” ele busca logins remotos também.

Conclusão

Essa é uma ferramenta muito útil que ajuda o administrador de sistemas a encontrar em que computador os usuários do domínio estão logados

[ ]`s

Anúncios

Como instalar o Ubuntu de dentro do Windows

 Publicado em:
07/01/2011


O pessoal sempre me questiona em sala, como instalar Linux com Windows sem prejudicar o sistema já instalado,
Aqui vai um método fácil.
Instalar Linux no seu computador nunca foi tão fácil.
Mesmo assim muitos usuários ainda tem medo de fazer “besteira” e destruir seu Windows.
Já faz algum tempo que existe como instalar o Ubuntu na mesma partição do Windows.
Usando este método sua única preocupação será de ter pelo menos 6 GB disponível em disco.
Que tal então aproveitar o lançamento do Ubuntu 9.10 e começar a usar?
É muito simples, mas mesmo assim fiz um tutorial sobre o assunto.

– Baixe o Wubi.exe.

– Execute-o, será aberta uma tela igual a esta:

wubi

– Você poderá escolher o drive onde será instalado, qual o tamanho da instalação,

qual o gerenciador de janelas, o idioma, o usuário e a senha.

Você pode deixar todas as opções como estão e clicar em Instalar.

– Será iniciada a instalação. Se o firewall do Windows estiver habilidado,

você pode receber uma mensagem igual a abaixo. Clique em Desbloquear:

firewall-windows

– Aguarde a instalação.

Será baixado automaticamente o ISO do Ubuntu e depois instalado.

Como a ISO tem quase 700 MB, a instalação vai demorar um tempinho…

wubi-installing

– Depois de instalado basta marcar Reiniciar Agora e clicar em Terminar.

wubi-finishing

Depois de reiniciar aparecerá um menu para você escolher se quer entrar no Windows ou no Ubuntu.

Na primeira vez que o Ubuntu foi iniciado a instalação continuará.

Não se preocupe nenhuma interação com o usuário é necessária.

Depois disso o Ubuntu Linux 9.10 estará disponível para você testar.

Se você não quiser mais o Ubuntu instalado no seu computador,

basta ir no Painel de Controle, Adicionar ou remover programas e desinstalar o Ubuntu:

adicionar-remover-programas-ubuntu

Como você pode ver, há muitas maneiras de você experimentar o Linux.

Façam bom aproveito

[  ] ‘s

Windows Sysinternals: Você ainda vai usar!

Publicado em:
04/01/2011

Em julho de 2006, a Microsoft adquiriu a Sysinternals, uma empresa criada em 1996, por Mark Russinovich e por Bryce Cogswell. Até aí, isso é notório que todos (ou quase todos!) já saibam da história. Mas você já usou algum aplicado Sysinternals? Se você já usou, sabe o quanto são úteis e proveitosos para diversos fins. Se você não usou, vamos conhecer um pouco sobre alguns aplicativos dessa suíte.

Na verdade a Sysinternals Suite, é uma coletânea com 61 mini-aplicativos. O tamanho dos aplicativos são bem reduzidos, mas a funcionalidade de cada um vale por muitos aplicativos semelhantes, e de tamanhos maiores.

A Suite é dividida em File and Disk Utilities, Security Utilities, Network Utilities, System Information, Sysinternals Process Utilities e Miscellaneous Utilities.

Vejamos alguns exemplos:

  • Process Explorer: Apresenta os processos abertos e quais bibliotecas DLL estão sendo carregadas. Disponível para todas as versões do Windows 98, Millenium, Versões do Windows 2000, NT, XP e até do Vista. 

Veja maiores detalhes em: http://technet.microsoft.com/pt-br/sysinternals/bb896653(en-us).aspx.

 

  • PageDefrag: Poderoso desfragmentador do arquivo de paginação e Registro do Sistema. Disponível para Windows NT, 2000, XP e 2003. Tem opção de uso através de linha de comando.

Maiores informações: http://technet.microsoft.com/pt-br/sysinternals/bb897426(en-us).aspx.

 

  • Autoruns 9.0: Lista os programas ou aplicativos iniciados automaticamente quando o Windows é iniciado. Funciona em Windows 98, NT, 2000, Millenium, XP, 2003 e Vista. Opção por linha de comando.

Veja mais em: http://technet.microsoft.com/pt-br/sysinternals/bb963902(en-us).aspx.

 

  • ListDLLs 2.25: Descubra que DLL está sendo carregada e quais os processos ativos da mesma. Para sistemas X86. Roda em Windows 98, NT, 2000, Millenium e XP.

Veja em: http://technet.microsoft.com/pt-br/sysinternals/bb896656(en-us).aspx.

 

A relação completa de aplicativos da suíte e também mais informações sobre cada um dos aplicativos você encontrará em: http://technet.microsoft.com/pt-br/sysinternals/0e18b180-9b7a-4c49-8120-c47c5a693683(en-us).aspx. Vale a pena ver também a página oficial com todas as informações em: http://technet.microsoft.com/pt-br/sysinternals/default(en-us).aspx.

O criador da Suite Windows Sysinternals, Mark Russinovich, mantém um blog muito interessante em: http://blogs.technet.com/markrussinovich/, onde temos informações sobre Scripts, processos e outras atividades.

A lista é de utilitários é muito grande. Como falei, são 61 mini-aplicativos, e cada um com sua funcionalidade e atribuição. Vale a pena dar uma olhada e estudada em cada um dos itens. Quem sabe você encontrará um aplicativo que há muito tempo está procurando. Boa sorte