Como criar um volume RAID 5 no Windows

Publicado em:
07/01/2011

Por: Fábio Augusto

Um dos recursos interessantes do Windows 2000 Server e superiores é possibilitar a criação de discos espelhados, RAID 0 e RAID 5. 
Para quem não tem placa RAID em seu servidor é possível aumentar a segurança gravando as informações em mirror ou em RAID 5.
Outros recursos estão disponíveis  com criação de volumes Spanned ou Striped.
Neste tutorial é ensinado como criar RAID 5.
Foi utilizado o Windows Server 2003, mas o mesmo procedimento se aplica a Windows 2000 Server e
provavelmente ao Windows Server 2008.

Um volume em RAID 5 tem a vantagem de ser seguro e aproveitar bem a capacidade disponível.

Caso 1 dos discos falhe, o volume continuará funcionando. Com isso será possível agendar um horário mais adequado para substituir o disco defeituoso.

Há perda de performance para a escrita, já que para a cada escrita será necessário calcular a paridade, que será utilizada em caso de falha.

Na leitura o RAID 5 é quase tão rápido quanto o RAID 0.

Caso queira saber mais sobre os níveis de RAID, acesse o artigo Conheça os níveis de RAID.

Pré-requisitos

– Tenha certeza que você tem aplicado no seu servidor o último Service Pack e tenha backup de seus dados.

Normalmente não deve haver nenhum problema, mas nunca se sabe…

– Você já tem pelo menos 3 discos ligados no seu computador e nenhum dele é disco de boot.

Para proteger a partição do sistema, você deverá reservar outro disco para espelhar usando RAID 1.

Procedimento

1  ) Logue no servidor com permissão de administrador. Vá Iniciar (Start), Painel de Controle (Control Panel),

Ferramentas Administrativas (Administrative Tools) e Gerenciamento do Computador (Computer Management).

2  ) No painel da esquerda vá em Armazenamento (Storage) e Gerenciamento de Disco (Disk Management).

disk-management

3 ) Imaginando que você tem os backups atualizados deste servidor, clique com o botão direito no disco que deseja converter e

escolha Converter para dinâmico (Convert to Dynamic Disk) e siga confirmando para toda as telas conforme abaixo.

storage-management-1

storage-management-2

storage-management-2

storage-management-3

storage-management-4

storage-management-6

4 ) Repita a operação para todos os outros discos que farão parte do volume RAID 5.

5 ) Quando todos os discos já estiverem como Dynamic, clique com o botão direito em

Disk Management, New, Volume. Será aberto o wizard abaixo, clique me Next:

1-new-volume-raid

6 ) Selecione RAID 5 e clique em Next:

2-new-volume-raid-5

7 ) Selecione os discos que farão parte do seu volume e clique em Add.

Lembre-se que é recomendável utilizar discos de mesmo tamanho.

Se você colocar no seu RAID 5: 2 discos de 40 GB e 1 de 20 GB,

o tamanho total disponível será de 40 GB, já que 20 GB de cada disco de 40 GB não poderá ser usado e é necessário um disco para paridade.

3-new-volume-raid-5-select-disks

8 ) Depois de adicionar os discos que farão parte do volume, clique em Next:

4-new-volume-raid-5-select-disks-2

9 ) Escolha a letra pela qual o volume será identificado e clique em Next:

5-new-volume-choose-letter

10 ) Escolha as opções de formatação. É recomendável que você deixe conforme abaixo e clique em Next:

6-new-volume-format

11 ) Clique em Finish para terminar a criação do volume:

7-new-volume-finish

12 ) Depois de criar o volume, o mesmo aparecerá assim no Disk Management:

8-new-volume-formatting

Depois que acabar a formatação o volume estará disponível para uso.

Observações:

– Caso você precise mudar este volume para outro computador, precisará levar todos os discos.

Não é necessário fazer nada, o Windows deve reconhecer o volume automaticamente.

– O Raid 5 tem a vantagem de ser seguro: caso um dos discos falhe, o volume ainda estará disponível.

– Você consegue criar volumes maiores que o maior dos hds existentes.

– A performance de gravação será influenciada pela velocidade do seu processador,

já cada vez que gravar será necessário calcular a paridade. Ou seja, volumes muito alterados tendem a ficar mais lentos.

– A performance de leitura deve ser bem razoável, já que você estará lendo informações de pelo menos 2 hds.

Eu não testei mas tende a ser melhor do que ler de um único hd.

Espero ter ajudado vocês, este artigo é muito importante quando se fala de dados,

Backup e facilidade para restaurar ou tratar dados com prioridade.

[  ]’s

3 respostas em “Como criar um volume RAID 5 no Windows

  1. Fábio, tenho uma unidade PowerVault 124T, com LTO5 que suporta taxas de transferência nativas máximas de 504 GB/h, é aconselhavel eu colocar 4 servidores PowerEdge R510, pendurados nela para backup, e qual melhor RAID interno para eles, já que 2 deles rodam BD que necessitam de um maior desempenho de leitura do que gravação. 1 com maior recurso de gravação e o último com maior desempenho de leitura!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s